Câmara cancela feriado do Dia do Evangélico

 

A Câmara Municipal decidiu nesta quinta-feira (15) cancelar a votação do dia 24 de novembro que instituiu o feriado do Dia do Evangélico em Goiânia. 

 

Os vereadores concordaram que a criação do feriado foi irregular porque não seguiu o Regimento Interno da Casa.

 

O feriado foi criado por uma emenda apresentada pelo vereador Deivison Costa (PT do B) ao projeto do presidente da Câmara, Anselmo Pereira, que declara de utilidade pública municipal o Instituto Educacional Conceito de Meio Ambiente, Cultura e Saúde (IECMACS). 

Mas o artigo 87 do Regimento da Câmara expressa que “não serão aceitos substitutivos, emendas ou subemendas que não tenham relação direta com a matéria da proposição principal”. 

 

Segundo o vereador Elias Vaz, ficou claro que a emenda contrariava as regras da Câmara. “Não sou contra a comemoração do Dia do Evangélico, mas sim contra a criação de mais um feriado na capital.

Também discordo da forma como foi o projeto foi conduzido. Para criar um feriado, é preciso primeiro discutir com a sociedade e ter transparência”, afirma.

 

Fonte: O Popular

Mais notícias

Nota de Pesar do SECEG

O SECEG vem de público externar sua tristeza pelo falecimento de duas importantes pessoas. A então colaboradora da entidade e amiga Ana Aparecida Godinho de

Em que podemos te ajudar?