PRESIDENTE DO SECEG FALA SOBRE DESEMPREGO À COLUNA GIRO DE O POPULAR

Podia ser pior

A média de desempregados no comércio varejista e atacadista em Goiás cresceu 1,14% entre 2015 e 2016. Os números são do Sindicato dos Empregados no Comércio no Estado de Goiás que, acredite, comemora. “Neste deserto de crise que atravessamos, imaginávamos algo pior”, explica Eduardo Amorim, presidente da entidade.

 

A publicação aconteceu nesta terça-feira,14.

 

Mais notícias

Nota de Pesar do SECEG

O SECEG vem de público externar sua tristeza pelo falecimento de duas importantes pessoas. A então colaboradora da entidade e amiga Ana Aparecida Godinho de

Em que podemos te ajudar?