SECEG Alerta: Cuidado com a Baixa Umidade

O Estado de Goiás está em alerta para o tempo seco e a baixa umidade do ar, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

As condições, que se assemelham ao clima de deserto, são prejudiciais à saúde humana. 

Por isso, as pessoas devem ficar atentas às formas que possam amenizar os efeitos.

Quem vive no Estado de Goiás, com municípios sem chuva há mais de 150 dias e índices de umidade que beiram os 10%,  está sofrendo com as queimadas que se propagam em ritmo ameaçador, atingindo lavouras e vegetação nativa. 

Enfrentar a baixa umidade significa driblar  o ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o índice adequado de umidade do ar varia entre 50% e 80%. 

Abaixo disso, a condição prejudica a saúde humana, gera desconforto, ataque das alergias e pode provocar doenças mais graves.

Por isso:

  • Beba bastante líquido;
  • Atividades físicas não são recomendadas entre 10h e 16h, principalmente ao ar livre;
  • Escolha o início da manhã ou o fim do dia para se exercitar;
  • Evite exposição ao sol nas horas mais quentes do dia;
  • Use hidratante para pele;
  • Umidifique o ambiente.

Informações podem ser obtidas junto ao Corpo de Bombeiros (193) e à Defesa Civil (telefone 199) ou através do cadastramento do CEP da sua região.

Envie SMS com o CEP da sua região para o número 40199.

A Defesa Civil responde com mensagem de confirmação do seu cadastro e a partir deste momento você passa a receber alertas periódicos sobre a situação de maior gravidade na sua região.

Mais notícias

Gerente de loja recebe hora extra?

Sou gerente na empresa onde trabalho e tenho notado um aumento significativo nas minhas responsabilidades, demandando mais horas de trabalho. No entanto, não houve uma

Em que podemos te ajudar?