Senado aprova reajuste de 6,5% para tabela do Imposto de Renda em 2015

O Senado aprovou nesta quarta-feira, 17, o reajuste do Imposto de Renda para a Pessoa Física (IRPF) com base no teto da meta da inflação e ajudou a aprovar uma correção de 6,5% na tabela para o ano que vem. A medida havia passado horas antes pela Câmara e agora segue para a sanção presidencial.

Uma emenda com esse teor foi incluída na Medida Provisória 656, que, entre outros temas, prorroga incentivos tributários para alguns setores e cria as Letras Imobiliárias Garantidas (LIG). O Palácio do Planalto defendia uma correção menor, de 4,5%, ou o centro da meta da inflação. Uma Medida Provisória com essa redação chegou a ser editada pela presidente Dilma Rousseff neste ano, mas um embate entre base e oposição fez com que a MP perdesse a validade.

Apesar de ter passado com mais dificuldade pela Câmara, onde o governo escalou deputados para argumentarem contra a matéria, a MP 656 passou pelo Senado apenas com uma votação simbólica, sem grandes discussões. 

Mais notícias

Gerente de loja recebe hora extra?

Sou gerente na empresa onde trabalho e tenho notado um aumento significativo nas minhas responsabilidades, demandando mais horas de trabalho. No entanto, não houve uma

Em que podemos te ajudar?